Início
Quem somos
Notícias
Fotos no Picasa
Fotos no Picasa 1
Fotos no Picasa 2
Fotos no Picasa 3
Blotequim
Fórum
Dicionário do Mar
Cachacinhas
Regras da Casa
Classificados
Links
Contato
 

 FeedRSS ExcerptsRSS 0.91 FeedRSS 1.0 FeedRSS 2.0 Feed
 
Dicionário Naútico

Dicionário de termos naúticos, por Abinael Morais Leal

O livro que encontra-se à disposição do público no site www.publit.com.br, pelo telefone 21- 2525-3936, Rio de Janeiro ou por email: aline@publit.com.br 

Buscar

Começa com Contém Palavra Exata
Vizualizar glossário

Todos | A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


N
Há 104 termos neste glossário.
Páginas: «1 2 3 »
Termo Definição
NAVIO DE PROPULSÃO MECÂNICADesigna todo navio movido por máquina.
 
NAVIO DE RESERVAAquele que acompanha outro para socorrê-lo ou auxiliá-lo em caso de necessidade.
 
NAVIO DE RODAEmbarcação que se movimenta pelo impulso propulsor de uma roda na popa ou de duas rodas laterais.
 
NAVIO DE TRANSPORTEBarco destinado ao transporte de mercadorias ou de munições bélicas.
 
NAVIO DESGOVERNADODesigna todo navio que, por circunstâncias excepcionais, não está em condições de poder manobrar de acordo com as regras constantes do regulamento internacional para evitar abalroamento no mar, e não pode, portanto, afastar-se do caminho de outro navio.
 
NAVIO EM FAINA DE PESCAExpressão que designa todo navio que esteja a pescar com redes, linhas, arrasto ou outras artes de pesca que reduzem a sua capacidade de manobra.
 
NAVIO EMBANDEIRADO1. Aquele cuja nacionalidade é reconhecida por documento autêntico. 2. Embarcação que, em tempo de guerra, navega com a bandeira de algum país neutro e com os documentos necessários para escapar dos beligerantes.
 
NAVIO ENTRANDODiz-se de um navio navegando do mar para um porto ou local de atracação.
 
NAVIO ESPALMADOEmbarcação que tem o casco limpo de limos.
 
NAVIO ESTIVADO1. Aquele que só tem a primeira estiva. 2. Embarcação carregada e equilibrada por igual.
 
NAVIO FERRYNavio de porte reduzido, utilizado no transporte de passageiros, geralmente em viagens de turismo, transportando também os automóveis dos próprios passageiros.
 
NAVIO FRUTEIRONavio construído especialmente para o transporte de frutas, tendo, geralmente, os porões refrigerados. O mesmo que fruteiro.
 
NAVIO GRANELEIRONavio de construção especial, adequado para transporte de carga a granel, não possuindo, assim, guindastes ou ius de carga. Possui características estruturais diferentes, conforme destine ao transporte de graneis pesados (minérios, por exemplo) de granéis leves (cereais, por exemplo).
 
NAVIO GRANELEIRO COMBINADONavio graneleiro destinado 3 transporte de graneis sólidos e líquidos, a fim de evitar viagens m lastro. Possui, em adição às instalações do graneleiro comum, um sistema de bombas e respectivas redes para o trato de carga líquida, bem como um sistema adequado para a limpeza e desgaseificação dos tanques.
 
NAVIO GRANELEIRO COMBINADO UNIVERSALNavio graneleiro que pode transportar minério, granéis líquidos e graneis sólidos leves.
 
NAVIO GUINANDODiz-se de um navio fazendo uma grande mudança de rumo, tal como aproando à corrente quando fundeado ou para entrar ou sair após deixar o ancoradouro ou cais de atracação.
 
NAVIO HIDROGRÁFICONavio destinado a fazer levantamentos hidrográficos, sendo para tanto dotado de equipamentos especiais para coleta e análise de dados necessários à confecção de cartas náuticas.
 
NAVIO LASHO mesmo que navio porta-barcaças. O nome Lash provém das iniciais da expressão inglesa \'lighter aboard ship\'.
 
NAVIO LENTOAquele que obedece mal ou morosamente à ação do leme.
 
NAVIO MERCANTE1. Denominação dada a qualquer navio empregado no comércio marítimo, isto é, aquele que transporta carga ou passageiros a frete. 2. Aquele que é empregado na marinha mercante.
 
NAVIO MEXERIQUEIROEmbarcação que, em tempo de guerra, espiona os movimentos da esquadra adversária.
 
NAVIO MINEIRONavio de combate destinado a semear campos de minas ofensivas em águas dominadas pêlos inimigos, ou defensivos, em suas águas próprias.
 
NAVIO MINERALEIRONavio graneleiro projetado especificamente para o transporte de minérios. Possui, normalmente, porões de carga centrais e tanques de lastro laterais que se estendem ao nível do convés até o fundo do navio.
 
NAVIO MISTONavio destinado ao transporte simultâneo de carga e passageiros.
 
NAVIO NEGREIRONavio que era empregado no transporte dos negros que iam ser vendidos como escravos.
 
NAVIO NEUTROO que pertence a um estado neutro, em período de guerra.
 
NAVIO OCEANOGRÁFICONavio adequadamente equipado para efetuar pesquisas no mar e no leito submarino.
 
NAVIO PATRULHA COSTEIRONavio de combate pequeno, com armamento leve e raio de ação limitado, destinado a patrulha próxima da costa, repressão ao contrabando etc.
 
NAVIO PESQUEIRONavio especialmente aparelhado para a pesca em alto-mar, podendo ou não ser dotado de câmara frigorífica para conservação do pescado.
 
NAVIO PETROLEIRODenominação dada ao navio-tanque de construção especial, adequada ao transporte de petróleo bruto ou refinado. É também chamado simplesmente de petroleiro.
 
NAVIO PORTA-BARCAÇASNavio especial que possui guindastes para o embarque e desembarque de barcaças pela popa. Tal sistema permite que a estadia do navio no porto seja mínima, pois não precisa atracar: as barcaças são arriadas e rebocadas para o porto e outras barcaças, já carregadas, são então içadas para bordo. O mesmo que navio lash.
 
NAVIO PORTA-CARRETASNavio especialmente construído para transportar veículos, que são embarcados utilizando seu próprio motor, através de uma porta e rampa, situadas na popa do navio.
 
NAVIO PORTA-CONTENTORESNavio construído especialmente para o transporte de carga em contentores, existindo dois tipos principais: um, com convés corrido, para embarque de contentores por rolamento, através das suas extremidades, e outro do tipo celular, com vários porões, para embarque mediante guindaste de pórtico do navio ou guindastes do porto.
 
NAVIO QUEBRA-GELONavio de construção robusta e proa reforçada, capaz de romper os campos de gelo de pequena espessura que se formam sobre as águas, nas regiões geladas.
 
NAVIO RASO1. O que tem quilha pequena, demandando, por isso, pouco fundo. 2. Barco sem mastreação ou obras altas.
 
NAVIO REDONDOAquele cuja proa é arredondada.
 
NAVIO RUMANDO PARA O MARDiz-se de um navio que está navegando do porto ou fundeadouro para o mar.
 
NAVIO SEA-BEENavio que transporta barcaças, diferindo dos sistemas Ïash quanto ao embarque das mesmas. Neste tipo, as barcaças são arriadas ou içadas para bordo através de uma plataforma situada na popa, que substitui o guindaste dos navios lash.
 
NAVIO TANQUENavio de construção especial, adequado ao transporte de carga líquida, que pode ser petróleo bruto, óleo combustível, gasolina, vinho etc.
 
NAVIO TRANSPORTADOR DE GLPNavio de construção especial, adequado ao transporte de gases liquefeitos de petróleo - metano, propano, butano, propileno, butileno etc. Existem dois tipos principais: os que transportam gases à temperatura ambiente e sob pressão atmosférica, e a baixa temperatura.
 
NAVIO TRANSPORTADOR DE GNLNavio de construção especial, adequado ao transporte de gases naturais liquefeitos obtidos de fontes naturais, isto é, os que são obtidos pela refinação de petróleo.
 
NAVIO-AERÓDROMOBase aérea flutuante com propulsão própria, capaz de reabastecer, municiar, alojar, reparar e operar aviões e suas equipagens aéreas, e de defender-se, dentro de certos limites, de ataques aéreos e de superfície. Seu armamento principal é o avião.
 
NAVIO-AERÓDROMO DE HELICÓPTEROS DE ASSALNavio de guerra dotado de armamento de defesa e normalmente para apoio de fogo naval contra alvos terrestres, dispondo de pistas para pouso de helicópteros. Transporta unidades do corpo de fuzileiros navais, equipamentos e suprimentos diversos que poderão ser desembarcados em terra, em vagas de assalto, transportados pêlos helicópteros embarcados a bordo.
 
NAVIO-CURRALNavio destinado ao transporte de gado em pé, possuindo, para tanto, currais no convés principal e plataforma para o embarque e desembarque do gado.
 
NAVIO-ESCOLA1. Embarcação destinada a completar a formação profissional dos quadros da marinha. 2. Navio destinado a prover treinamento a futuros tripulantes de navios de guerra ou mercantes.
 
NAVIO-OFICINANavio auxiliar destinado a apoiar navios de combate, proporcionando-lhes meios de reparos, aprovisionamento etc.
 
NAVIO-VARREDORNavio de guerra de construção especial, dotado de equipamentos específicos e que, através de técnicas adequadas, retira, desativa ou faz explodir minas lançadas em águas pouco profundas, abrindo canais seguros à navegação através daquelas águas.
 
NAVIOS EM RUMOS CRUZADOSDiz-se quando dois navios de propulsão mecânica navegam em rumos que se cruzam, de tal forma que exista risco de abalroamento. O navio que vê outro por boreste deve afastar-se do caminho deste e, se as circunstâncias o permitirem, evitar cortar-lhe a proa.
 
1. Medida de velocidade equivalente a uma milha marítima (1.852 metros) por hora. 2. Trabalho de marinheiro, feito à mão e passível de ser desfeito a qualquer momento, destinado a unir dois cabos entre si, ou um cabo a um objeto - pelo chicote ou pelo seio -, ou ainda, a unir dois chicotes de um mesmo cabo.
 
NOZParte superior da haste da âncora, abaixo do anete.
 


Todos | A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


Glossary V2.0



 

   

free counters
 
Nós temos 30 visitantes online