Início
Quem somos
Notícias
Fotos no Picasa
Fotos no Picasa 1
Fotos no Picasa 2
Fotos no Picasa 3
Blotequim
Fórum
Dicionário do Mar
Cachacinhas
Regras da Casa
Classificados
Links
Contato
 

 FeedRSS ExcerptsRSS 0.91 FeedRSS 1.0 FeedRSS 2.0 Feed
 
Dicionário Naútico

Dicionário de termos naúticos, por Abinael Morais Leal

O livro que encontra-se à disposição do público no site www.publit.com.br, pelo telefone 21- 2525-3936, Rio de Janeiro ou por email: aline@publit.com.br 

Buscar

Começa com Contém Palavra Exata
Vizualizar glossário

Todos | A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


A
Há 190 termos neste glossário.
Páginas: 1 2 3 4 »
Termo Definição
ASímbolo designado Alfa. O Código Internacional de Sinais estabelece a representação desta letra numa pequena bandeira farpada, também conhecida por galhardete, nas cores branca e azul. Em qualquer parte do litoral em que esta bandeira estiver içada, significa: \"Mergulhador em ação. Mantenha-se longe e manobre com cuidado\".
 
A BORDOSituação de encontrar-se no interior de qualquer embarcação (ou aeronave; por extensão, aplica-se hoje a expressão para trens e ônibus).
 
A FAVOR DA MARÉExpressão que designa a direção da maré, ou significa deslocamento com a ajuda da maré.
 
À ROÇADiz-se de uma âncora pronta para ser lançada rapidamente à água.
 
ABACÁDesigna uma fibra têxtil, flutuante e elástica, também chamada de cânhamo-de-manilha, utilizada na confecção de cordas para embarcações.
 
ABAFAEm marinharia, o termo é usado para dar voz de comando, significando que os marinheiros devem ferrar as velas.
 
ABAFARDesmanchar o bolso da vela, que o vento provoca. O mesmo que arrochar o pano de encontro à verga, diminuindo, assim, a superfície mostrada ao vento.
 
ABAFAR O PANOÉ o processo que consiste em enrolar o pano da vela, apertando-o contrário ao mastro, estais ou vergas, objetivando reduzir o bolso feito na vela pelo vento.
 
ABALIZAMENTOAto ou efeito de utilizar a bóia ou balizas com finalidade de assinalar ou demarcar canais, lagos, vaus etc.
 
ABALROAÇÃONa terminologia marítima geral, significa qualquer choque entre duas embarcações. O assunto é tratado na segunda parte do Código Comercial Brasileiro (comércio marítimo), artigos 749 e seguintes. Em direito marítimo, porém, abalroação tem significado restrito, sendo definido como \"choque entre dois navios ou embarcações que navegam ou estão em condições de navegar, dentro ou fora dos portos\". Segundo J. Silva Costa, o abalroamento pode ser: culposo, quando existe desídia, negligência ou culpa do capitão ou da guarnição de um dos navios ou aeronaves, ou dos capitães ou comandantes e tripulantes de ambos os navios ou aeronaves; fortuito, quando ocorre em consequência de caso fortuito ou força maior; misto ou duvidoso, quando não se pode determinar a causa do choque ou apurar a quem cabe a culpa.
 
ABALROADAO mesmo que abalroamento.
 
ABALROADELAO mesmo que abalroamento, quando as avarias são de pequena monta.
 
ABALROADORDiz-se de um navio que lança a balroa ao costado de outro, para atracar, ou fazer abordagem. Refere-se também ao navio que causa colisão com outro.
 
ABALROAMENTOColisão violenta entre duas embarcações. Também se diz abalroada.
 
ABALROARColidir uma embarcação, violentamente, com outra embarcação ou cais ou um obstáculo qualquer. Existem regulamentos estabelecendo a responsabilidade do proprietário de uma embarcação que abalroa outra. Diz-se da atracação com balroa que é uma espécie de gancho ligado a cabos, empregando-se vários deles para abordar uma embarcação. Diz-se ainda de um barco que aferra outro com balros para abordar.
 
ABARBADO COM A TERRADiz-se do navio que tem a terra próxima por sotavento (SV).
 
ABARROTADODiz-se dum navio demasiadamente carregado, até as escotilhas.
 
ABATERAção de desviar, descair ou afastar o rumo do navio da rota que seguia, por efeito do vento ou da correnteza.
 
ABATIDODiz-se do navio que navega em alta velocidade.
 
ABATIMENTORefere-se ao decaimento lateral do navio em relação ao rumo que segue, sob a ação do vento não inteiramente favorável, quando não sopra de popa.
 
ABETODesignação comum de várias espécies vegetais, inclusive um tipo de madeira muito usada na construção naval para mastros, vergas, remos e outras repartições de bordo.
 
ABICARAto ou efeito do navio encalhar ou tocar a praia com o bico de proa.
 
ABITATermo usado quase sempre no plural, que designa uma peça de madeira, em forma de cruz, debaixo do castelo de proa do navio, que serve para fixar a amarra da âncora.
 
ABÓBADADiz-se do prolongamento da embarcação, a contar da coberta até a popa.
 
ABOCAR1. Ato ou efeito de prender, ou segurar a bóia, ou atá-la para, no caso de necessidade, poder lançá-la à água. 2. Marcar com a bóia o local onde há perigo para a navegação, ou onde se encontra algum obstáculo.
 
ABORDAGEM1. Ato ou efeito de colocar algo a bordo de um barco contíguo a de outro ou tocar com o bordo em outro. 2. Ato de abalroar um navio a fim de assaltá-lo, encostar ou aproximar.
 
ABRA1. Designa uma enseada com ancoradouro para embarcações. 2. O mesmo que baía, ancoradouro, angra.
 
ABRIGO DE BARCOSÉ uma cobertura feita em enseada, ou lago, para resguardar os barcos de passeio ou pesca.
 
ABRIR ÁGUADiz-se quando mina água em quantidade, por rombo em abalroação, ou por desconjuntamento do casco de uma embarcação.
 
ABRIR VELASExprime ação de navegar.
 
ACÁCIAEspécie de madeira pesada que suporta a ação da água marinha, empregada na fabricação de partes do casco e dos compartimentos.
 
ACERTAR O COMPASSO DA NAUExpressão que significa colocar corretamente a carga na embarcação, visando a bem navegar, sem pender para um lado ou para o outro.
 
ACHICAR1. Ação de esgotar a água que invadiu um barco. 2. Retirar a água de uma embarcação com uma vasilha.
 
ACIDENTE DE NAVEGAÇÃOExpressão que designa naufrágio, água aberta, varação, incêndio, arribada, colisão, encalhe, abalroamento, explosão, avaria ou, ainda, danos nas embarcações. O assunto é tratado no direito marítimo.
 
ACOSTAR1. Diz-se quando uma embarcação se aproxima de uma costa; navegar junto à costa. 2. Encostar o barco no cais ou em outra embarcação.
 
AD VALOREMExpressão latina que significa \\segundo o valor\\. Qualifica a cobrança do tributo que tem por base o valor da mercadoria; é uma tarifa percentual sobre o valor do produto. Distingue-se do imposto específico em que este é fixo, ainda que maior ou menor o custo da mercadoria.
 
ADERNADOÉ quando o navio está inclinado.
 
ADERNAMENTODiz-se da inclinação de um navio para um dos seus bordos. O mesmo que banda.
 
ADERNARAto ou efeito de inclinar uma embarcação para um dos seus bordos, ficando um lado submerso.
 
ADIDORepresentante do serviço diplomático. Adido naval é aquele que, pertencendo à marinha de guerra do país que representa, cuida das questões navais do interesse do seu país no país em que se encontra destacado.
 
ADORMECERAção de alguém perder o equilíbrio sobre a embarcação.
 
ADORNARDiz-se da inclinação do navio a sotavento (SV) pela força do vento ou deslocação de peso.
 
ADUANAO mesmo que alfândega.
 
ADUANEIRODe, ou relativo à aduana ou alfândega. Diz-se do imposto devido pela importação de mercadorias. É o chamado imposto aduaneiro ou alfandegário.
 
AERODINÂMICAParte da física que estuda o ar e outros gases em equilíbrio ou em movimento, quanto às suas propriedades e características e às forças que exercem sobre os corpos sólidos neles imersos. Um sólido possui forma aerodinâmica quando o ar oferece pouca resistência ao seu deslocamento. Assim é que o avanço de um barco a vela depende, essencialmente, de como ele aproveita o ar e a água em movimento, sendo que a utilização do vento depende da movimentação dada ao leme e da orientação das velas.
 
AFERRARAto ou efeito de ancorar. O mesmo que lançar ferro.
 
AFIRMATIVAÉ uma bandeira representada nos códigos marítimos de sinalização, significando afirmar algo.
 
AFOCINHADOEmbarcação mergulhada de proa, em virtude do balanço de popa e proa ou do excesso de carga avante.
 
AFRETADORDiz-se daquele que tem a posse de uma embarcação a frete, no sentido de aluguel, no todo ou em parte, com a finalidade de transportar mercadorias, pessoas ou coisas. Não se deve confundir com fretador, que é a pessoa que dá a embarcação a frete. Na maioria das vezes, o fretador é o próprio proprietário.
 
AGENTE DE NAVEGAÇÃODiz-se daquele que representa legalmente uma empresa de navegação e goza do privilégio para solicitar os vários serviços portuários dentro das diversas modalidades do sistema e de serviços de outra natureza, a saber: despachar, receber e entregar cargas aos seus proprietários ou consignatários, vender passagens, cobrar fretes e agilizar os procedimentos necessários para o afretamento.
 


Todos | A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z


Glossary V2.0



 

   

free counters
 
Nós temos 72 visitantes online